Make your own free website on Tripod.com

Apesar dos constantes e contínuos erros da humanidade, DEUS infinita misericórdia, jamais nos abandonou, ELE quer sempre salvar todos os seus filhos e por isso mesmo, ao longo dos séculos nos enviou alertas, conselhos e recomendações, através de Mensageiros Divinos que visitaram vários países , inclusive o Brasil, para nos lembrar a Sua Lei, atualizar em nosso espírito, os Seus Ensinamentos à luz da realidade que vivemos, esclarecendo trechos bíblicos que eram interpretados incorretamente e também, acordando muitos corações embalados no sono letárgico do comodismo, da indiferença e da falta de perseverança, derramando graças em quantidade para acender o fervor espiritual, a fim de que a SANTÍSSIMA TRINDADE seja mais conhecida, e possa ser de fato mais amada, louvada e respeitada por todos os seus filhos.

E sem dúvida, a intervenção Divina ocorreu com uma frequência e multiplicidade de manifestações sobrenaturais tão apreciável, atingindo um valor tão expressivo, que nos propõe a idéia de uma certa “urgência ”, "como se o SENHOR tivesse pressa em alertar a humanidade", para que as pessoas se convertessem, antes que o “nosso Tempo” terminasse.

O famoso teólogo francês Padre René Laurentin, catalogou mais de 80 acontecimentos sobrenaturais verificados no século XX, o que nos faz recordar a predição do profeta Joel (Jl 3,1), a qual afirma que aconteceria uma notável Efusão do ESPÍRITO SANTO (com Aparições e manifestações sobrenaturais diversas), como fato sinalizador da chegada do “Final dos Tempos” e da próxima “Vinda de CRISTO” na glória, para instaurar definitivamente o Seu REINO DE AMOR E PAZ.

Entretanto, muitas pessoas não acreditam nas Aparições e Revelações particulares, e para firmarem as suas opiniões contrárias, estribam-se em variados tipos de argumentos fantasiosos e sem qualquer consistência e fundamentados na total descrença.

Todavia, as Aparições sempre existiram. Em quase todos os livros que compõe as Sagradas Escrituras, há dezenas de citações que descrevem a intervenção do sobrenatural na existência da humanidade. Isto quer representar, que as manifestações sobrenaturais estão inseridas no Plano Divino de Salvação, constituindo-se numa “etapa” muito importante, que não pode e não deve ser desprezada.

O PAI ETERNO em comunhão com o FILHO e pela ação do ESPÍRITO SANTO, da mesma forma que no passado, mantém no presente um canal de comunicação aberto com toda a humanidade, através do qual e por meio de Mensageiros, nos convida a conversão do coração e nos revela a Sua última Vontade.

As manifestações sobrenaturais só acontecem porque o SENHOR permite. E como é natural, os Mensageiros Divinos nos diálogos com os videntes, só transmitem a “Vontade” de DEUS e não a sua vontade particular. Ora, então se DEUS permite a vinda de NOSSA SENHORA, por exemplo, é porque Ela é necessária e benéfica à humanidade. Assim, quando nossa MÃE SANTÍSSIMA e os demais Mensageiros Celestes vêm encontrar-nos, não é uma “simples visita” e nem estão “fazendo turismo”, mas para uma finalidade objetiva, amorosa, responsável e urgente. Vêm sobretudo, convidar-nos à conversão e estimular a nossa vontade para sermos perseverantes nos deveres de cristãos, amando o próximo como o SENHOR quer e sendo fiéis a ELE como demonstração da grandeza de nosso amor filial.

Assim, negar e criticar as Aparições, não é uma atitude inteligente para aqueles que afirmam amar a DEUS. Não só pelas muitas razões expostas, mas também pelo "sentido da sistemática recusa de crer" nas manifestações sobrenaturais, o que representa uma ferrenha oposição, uma feroz resistência contra as Obras do ESPÍRITO SANTO. E negar as Obras do ESPÍRITO SANTO é um risco terrivelmente perigoso e sem apelação, conforme disse JESUS:

“Todo pecado e blasfêmia serão perdoados aos homens, mas a blasfêmia contra o ESPÍRITO não será jamais perdoada”. (Mt 12,31)

A blasfêmia contra o ESPÍRITO SANTO se concretiza, pela intransigente recusa de aceitar a verdade, de não discernir com fidelidade os fatos sobrenaturais que ocorrem, de não procurar compreender corretamente os sinais do SENHOR. Negando-os, a pessoa rejeita a oferta Divina e se exclui a si próprio da salvação eterna.

O ESPÍRITO SANTO é a Terceira Pessoa da SANTÍSSIMA TRINDADE, AQUELE que realiza as Obras Providenciais do SENHOR, e sobretudo, é o poder interior da Igreja, AQUELE que foi enviado por JESUS e pelo PAI ETERNO, quando o REDENTOR regressou à Eternidade.

 

 

Próxima Pagina

Página Anterior

Retorna ao Índice